Sem Travas

Província do Turismo


A Comcap realiza coleta de lixo em torno das 10 horas da manhã, quando a praia de Canasvieiras está lotada. O trator abre ala de qualquer jeito. Pais segurando crianças, mulheres recolhendo toalhas, tudo porque o trator precisa passar.

Ora, ora, com César e com Gean, a Comcap continua remando contra a maré turística.

E por falar em praia, tem sido comum ver pessoas lançando iscas com seus molinetes ao mar. Incrível a capacidade dos “pescadores” de lançar a linha em meio a banhistas. Com certeza, a Marinha vai agir quando um chumbo do molinete atingir a cabeça de um banhista.

C0NTRABANDO NA AREIA


É sempre bom e oportuno repetir a pergunta, que não ofende: a prefeitura vai continuar conivente com a venda de contrabando nas areias das praias da Ilha? Só em Canasvieiras são milhares de ofertas de roupas e apetrechos.

O paradoxo é que há cerca de um mês a prefeitura, com a participação exaustiva da Guarda Municipal, fez uma blitz no centro da cidade e apreendeu milho verde e morango, comercializados em bandejas por mulheres que trabalham pelo sustento da família.

No entanto, aves de arribação vêm ganhar dinheiro no verão com contrabando, asseguradas com credencial da prefeitura. Pode?

 

CARROS OFICIAIS

Se fôssemos analisar como agem os países democraticamente avançados sobre o uso de carros oficiais, concluiríamos que o abuso já é demasiado em Santa Catarina. Imaginem: vereadores, secretários estaduais e municipais, procuradores, deputados, vereadores, prefeitos, juízes, etc.etc. têm carros oficiais e motoristas. Por que um cargo público dá direito a um privilégio demasiado?

Certa vez fui apresentado a uma autoridade alemã em cultura no metrô de Hamburg, na Alemanha. Ele ia assistir a uma peça teatral. E seria normal se ele estivesse a caminho de uma solenidade ou audiência. Carro oficial? Ele respondeu: “não sou imperador”!

Por que temos de gastar dinheiro público com mordomias?

DÉMODÉ

A democracia brasileira é frágil porque os políticos, em sua maioria, não querem abrir mão de prerrogativas vencidas, que não cabem mais no século 21.

 

SÓ PARA ALEGRAR

O zumbido em torno da indicação do deputado Vicente Caropreso para a Secretaria da Saúde.

- Vicente não seria caro demais para estar preso à Secretaria da Saúde?

 

AINDA O ATRASO

É quase consenso no Planalto Sul que o governador Raimundo Colombo não conseguiu implantar sua estratégia de desenvolvimento da região. Lages não saiu de sua posição de município com baixo índice de desenvolvimento social. Mas uma das razões é correta: os prefeitos do Planalto Sul não se unem em torno de objetivos comuns.

 

 

 



Receba Novidades da
Making Of por email! Cadastrar email