Making Of - Comunicação

Comunicação

Por lei, todos smartphones do México deverão ter rádio FM


De acordo com uma publicação no o Jornal Oficial da Federação do México, fabricantes de smartphones e aparelhos celulares básicos vendidos no país, deverão fazer a ativação do chip FM para que os usuários possam ter acesso ao dial FM pelos aparelhos.

A norma foi redigida pelo Instituto de Telecomunicações Federal (IFT) que determina que, com exceção de dispositivos que não têm o hardware necessário para habilitar serviços de rádio FM, os fabricantes ou usuários finais devem habilitar o chip receptor integrado em todos os aparelhos que contam com a opção. 

A exigência dará à população mexicana a garantia de ouvir rádio FM pelo celular sem a necessidade de conexão com a internet.

No Brasil, de acordo com pesquisa da ABERT, 100% dos celulares de até R$ 300 já incluem a opção do rádio FM. Já nos smartphones acima deste valor, o percentual dos modelos equipados com receptor FM fica em 76%.

O levantamento da ABERT apontou ainda que, atualmente, dos 235 modelos de celulares à venda no mercado, 179 vêm com rádio FM integrado. Apesar de corresponder à maioria dos aparelhos, a comparação com os dois anos anteriores mostra uma queda na quantidade de celulares com FM embutido: em 2014/15, 79% tinham rádio.

Ainda de acordo com a pesquisa, os fabricantes têm diminuído a produção de aparelhos com recepção de sinal FM. O diretor geral da ABERT, Luis Roberto Antonik, analisa a queda nos números com preocupação.

“Se o fabricante diminuiu a produção é porque o consumidor não tem procurado esse tipo de serviço. E a presença do FM no celular é fundamental para a sobrevivência do rádio. Cabe a nós, radiodifusores, ajudar na divulgação do rádio no celular e incentivar o ouvinte a consumir aparelhos que tenham essa funcionalidade”, ressalta Antonik.

O diretor da ABERT acrescentou ainda que o Brasil deveria seguir a iniciativa mexicana. “O rádio é um dos mais importantes meios de comunicação do país. Dados da Anatel indicam que há no Brasil mais de 242 milhões de celulares, ou seja, mais que a população. É fundamental que esses aparelhos tenham recepção de rádio FM, dando mais uma opção ao ouvinte para escutar sua rádio favorita”, disse Antonik.



Receba Novidades da
Making Of por email! Cadastrar email